Brasil alcança 41 mercados abertos para a exportação de produtos da agropecuária

Abertura de novos mercados fortalece a presença brasileira no comércio internacional de produtos agrop
ecuários

Pecuária

O Brasil tem alcançado um marco notável no comércio exterior ao conquistar aprovações sanitárias para a exportação de produtos da agropecuária em 41 mercados distintos desde o início deste ano. Essa série de aprovações demonstra não apenas a qualidade e segurança dos produtos brasileiros, mas também a crescente competitividade do setor agropecuário nacional em uma arena global cada vez mais desafiadora.


Um Novo Patamar no Comércio Internacional de Produtos Agropecuários

A confirmação das mais recentes aprovações sanitárias para a exportação de crustáceos e moluscos bivalves congelados para Singapura, pescados para Nova Caledônia e material genético suíno para o Uruguai marca um feito significativo para o Brasil. Desde o início do ano, diversas nações têm reconhecido os rígidos controles sanitários e fitossanitários implementados pelos exportadores brasileiros, permitindo a abertura de novos canais comerciais.


Foto por Mapa | Veja aqui



De acordo com a Secretaria de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura e Pecuária, essa conquista reflete a determinação do setor produtivo brasileiro em manter os mais altos padrões de qualidade, bem como a colaboração entre o Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) e o Ministério das Relações Exteriores (MRE) nas negociações comerciais bilaterais. Essa abertura de mercados não apenas expande as oportunidades para os produtores, mas também reforça a reputação do Brasil como um parceiro comercial confiável em mais de 200 países e territórios.


Além da Abertura de Mercado: Preparação e Promoção

No entanto, é importante ressaltar que a abertura de mercados é apenas o primeiro passo. Para efetivamente aproveitar essas oportunidades, os produtores e exportadores devem realizar um trabalho de preparação minucioso para atender às demandas específicas de cada novo mercado. Isso envolve a adaptação dos produtos, processos de embalagem e rotulagem, além do cumprimento de regulamentações locais.

Além disso, é essencial desenvolver estratégias de promoção comercial e divulgação para consolidar a presença brasileira nos mercados recém-abertos. A educação do consumidor local sobre a qualidade dos produtos brasileiros e os benefícios de escolher esses produtos também é uma parte crucial desse processo.


Diversificação da Pauta Exportadora

O Brasil, conhecido por ser um grande exportador de commodities agrícolas como carnes, milho e soja, está expandindo sua pauta exportadora de maneira consistente. O Ministério da Agricultura e Pecuária tem trabalhado em direção à diversificação dos produtos exportados, reduzindo a dependência de um único mercado ou commodity. Essa estratégia visa fortalecer a resiliência do setor agropecuário brasileiro diante de flutuações nos mercados globais e mudanças nas preferências dos consumidores.


O Brasil está colhendo os frutos de sua dedicação à qualidade e segurança alimentar no setor agropecuário. Com a abertura de 41 novos mercados para a exportação de produtos da agropecuária, o país não apenas fortalece sua posição no comércio internacional, mas também abre portas para a expansão e diversificação de seus negócios agrícolas. 


Fonte: Mapa

Postar um comentário

0 Comentários