Ministro Carlos Fávaro anuncia aquisição de leite pelo governo federal para socorrer produtores brasileiros diante da concorrência

Medida emergencial de compra de leite em pó a preços de varejo busca fortalecer cooperativas e garantir rentabilidade para produtores nacionais.

Vaca holandesa

Em meio às preocupações crescentes sobre a concorrência de países do Mercosul no setor de produção de leite, o Ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, anunciou uma medida emergencial que visa a socorrer os produtores brasileiros e fortalecer o mercado nacional. O anúncio foi feito durante a abertura da Agroleite 2023, um dos eventos mais relevantes do setor, na cidade de Castro, conhecida como a "Capital do Leite", no Paraná.

O ministro, ao lado do presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Edegar Pretto, destacou que a ação é parte de um compromisso assumido em nome do presidente Lula para enfrentar a importação desenfreada e proteger a cadeia de produção de leite no país. A medida consiste na aquisição de leite em pó a preços de varejo, o que auxiliará a enxugar o mercado e, assim, assegurar a rentabilidade das cooperativas e, por consequência, dos produtores.

Fávaro também abordou a delicada questão da importação de leite de países do Mercosul, como Argentina e Uruguai. Ele ressaltou que o acordo comercial com o bloco é de suma importância para o Brasil, permitindo exportações vantajosas de produtos manufaturados. No entanto, o ministro enfatizou que tais acordos não podem prejudicar uma cadeia produtiva tão significativa quanto a do leite, que é essencial para a geração de empregos.






O ministro também salientou a necessidade de ações estruturantes a longo prazo para o setor. Ele observou que a produção de leite no Brasil é de alta qualidade, mas enfrenta desafios que precisam ser superados com dedicação, investimento e inovação. Fávaro enfatizou a importância de eliminar as disparidades existentes entre os produtores de leite nacionais e almejou um futuro em que o Brasil não apenas mantenha sua posição como líder na produção de commodities como soja, carne bovina e suína, mas também se torne um grande player global na produção de leite.

A medida emergencial anunciada pelo ministro Carlos Fávaro é vista como um primeiro passo crucial para estabilizar e fortalecer o mercado de produção de leite no Brasil. A compra de leite em pó a preços de varejo tem o intuito de não apenas auxiliar os produtores e cooperativas a enfrentar a concorrência externa, mas também sinaliza o compromisso do governo em preservar uma indústria vital para a economia e para a geração de empregos no país. Com o enfoque em ações emergenciais e estratégicas, o Brasil está determinado a manter sua relevância e competitividade no setor leiteiro global.


Fonte: Mapa

Postar um comentário

0 Comentários