São Paulo Inaugura a 40ª Edição da Expoflora: Maior Festival de Flores da América Latina

Holambra se Transforma no Epicentro da Floricultura com a Abertura da Expoflora, Movimentando Bilhões e Empregando Milhares

Shopping das Flores
Créditos: Foto retirada de expoflora.com.br/shopping-das-flores/, acesso: 25/08/2023



A pequena cidade de Holambra, localizada no estado de São Paulo, dá as boas-vindas à 40ª edição da Expoflora, um espetáculo deslumbrante que se destaca como o principal festival de flores ornamentais em toda a América Latina. O evento de abertura, que aconteceu na última quinta-feira, contou com a presença ilustre do superintendente de Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo, Guilherme Campos, representando o ministro Carlos Fávaro.

Com um cenário exuberante de cores e fragrâncias, a Expoflora não apenas celebra a beleza das flores, mas também ressalta a importância do setor floricultor no panorama nacional. Guilherme Campos ressaltou: "A floricultura é um setor do agronegócio de grande importância para o país. Esta é uma área que gera empregos de forma notável por metro quadrado de produção." Com efeito, a floricultura não é apenas uma atividade visualmente encantadora, mas também uma indústria que emprega intensivamente.






O Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) tem desempenhado um papel vital na promoção e no desenvolvimento desse setor. Além de auxiliar na organização do setor, o Mapa é responsável pela certificação fitossanitária para exportação, fiscalização de sementes e mudas, bem como pela prevenção da introdução de pragas e doenças estrangeiras. Essas medidas são cruciais para manter a indústria saudável e competitiva, tanto dentro como fora das fronteiras nacionais.

Dados fornecidos pelo Instituto Brasileiro de Floricultura (Ibaflor) indicam que o mercado de flores no Brasil alcançou uma impressionante marca de R$ 11,8 bilhões em 2022. Desse montante, o Estado de São Paulo respondeu por cerca de R$ 4,7 bilhões, uma contribuição significativa impulsionada pelas regiões de Holambra e Atibaia. Essas áreas não apenas embelezam paisagens, mas também fornecem meios de subsistência para uma ampla força de trabalho. Com uma média de oito trabalhadores por hectare e um total de 210 mil pessoas envolvidas na indústria de flores em todo o país, é evidente que a floricultura tem um impacto social profundo.

A cerimônia de abertura da Expoflora contou com a presença de várias autoridades, incluindo o vice-governador Felicio Ramuth, o secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado, Antonio Junqueira, e o vice-cônsul dos Países Baixos em São Paulo, Vasco Rodrigues, entre outros. O evento, que se estenderá do dia 25 de agosto até 24 de setembro, ocorrerá nas sextas, sábados, domingos e feriados, proporcionando diversas oportunidades para os visitantes mergulharem na beleza deslumbrante das flores.

Um dos momentos mais emocionantes da Expoflora é a "chuva de pétalas", que ocorre diariamente às 16h30. Este espetáculo mágico envolve o lançamento de pétalas coloridas no ar, criando um cenário efêmero e encantador. Na cerimônia de abertura, o mascote Tulipo lançou 150 quilos de pétalas de 18 mil botões de rosas coloridas, enchendo o ar com uma cascata de cores e aromas que se tornaram o emblema da Expoflora.

À medida que a 40ª Expoflora desabrocha em toda a sua magnificência, Holambra se transforma em um ponto focal da floricultura, não apenas celebrando a beleza natural das flores, mas também honrando o trabalho árduo de milhares de pessoas envolvidas nesta indústria florescente.



Fonte: Mapa


Postar um comentário

0 Comentários