Brasil na WorldFood Istanbul 2023: Destaque no Setor Alimentício Turco

O Brasil destaca-se na WorldFood Istambul 2023, com 12 expositores e US$ 3 milhões em negócios, fortalecendo laços comerciais com a Turquia.

Foto mostra pessoas e o evento.
Foto: Mapa


A 31ª Edição da WorldFood Istambul 2023 encerrou com grande sucesso, destacando a presença de 12 expositores brasileiros que apresentaram uma variedade de produtos nacionais na cidade de Istambul, na Turquia, de 6 a 9 de setembro deste ano. A feira é reconhecida como um ponto de encontro internacional para a indústria alimentícia turca, reunindo marcas locais e estrangeiras, desde produtores até empresários de todo o mundo, em uma localização historicamente estratégica entre Europa e Ásia.

Coordenada pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), em colaboração com o Ministério das Relações Exteriores (MRE) e com o apoio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), a Missão Comercial à Turquia tinha como objetivo principal promover oportunidades de negócios e expandir as fronteiras do agronegócio brasileiro na região turca.

A edição de 2023 da WorldFood Istanbul atraiu impressionantes 38.358 visitantes de 163 países, com 33% dos participantes vindo de nações estrangeiras. De acordo com os organizadores, a feira registrou um aumento de 141% no número de visitantes estrangeiros em comparação com o ano anterior e alcançou um recorde de 835 expositores de 25 países, apresentando mais de 2.000 marcas.


Pavilhão Brasil

O Pavilhão Brasil foi uma atração de destaque durante a exposição, fornecendo às 12 empresas brasileiras participantes uma estrutura completa para a preparação e exibição de seus produtos, juntamente com apoio técnico da equipe do Ministério. Além disso, o Mapa incentivou os expositores a investirem em iniciativas complementares de promoção para maximizar os resultados positivos da feira.




Galinhas.



Entre os produtos brasileiros em destaque na WorldFood Istanbul 2023 estavam o açaí, café, feijão, açúcar, proteína animal, pimenta em grão, gergelim, bem como extratos e óleos vegetais. A diversidade da oferta brasileira atraiu a atenção de visitantes e compradores de diversos lugares, incluindo o Oriente Médio, com representantes da Síria e Jordânia, e a Ásia Central.

Durante a exposição, workshops, seminários e apresentações foram realizados para promover o conhecimento e a troca de informações. Um dos estandes brasileiros até ofereceu um "cooking show", demonstrando como preparar o açaí, que foi muito apreciado pelo público turco.

De acordo com a Secretaria de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura (SCRI/Mapa), o Pavilhão Brasil gerou negócios no valor de US$ 3 milhões ao longo de quatro dias. Os expositores têm a expectativa de comercializar US$ 220 milhões nos próximos 12 meses, o que demonstra o potencial das parcerias comerciais entre o Brasil e a Turquia.


Crescimento das Exportações para a Turquia

Em 2022, o Brasil exportou para a Turquia um total de US$ 2,42 bilhões em produtos agropecuários, com o envio de três milhões de toneladas. Isso representou um aumento de 13% em comparação com o ano anterior, de acordo com a SCRI/Mapa. Entre os principais produtos agropecuários brasileiros exportados para a Turquia, estão a soja, o café, o algodão, a celulose e a carne (bovina e de frango).


Fonte: Mapa

Postar um comentário

0 Comentários