Agricultura Urbana: Uma Solução Para a Sustentabilidade nas Cidades

Pode ser praticada em diversos espaços, como telhados, quintais, varandas e até mesmo em espaços públicos.

Cidade cercada por campos

A agricultura urbana é uma prática que consiste no cultivo de alimentos em áreas urbanas. Ela pode ser uma solução para a sustentabilidade nas cidades, pois contribui para a redução do desperdício de alimentos, a melhoria da qualidade do ar e da água, e a promoção da biodiversidade.


Redução do desperdício de alimentos

A agricultura urbana pode ajudar a reduzir o desperdício de alimentos, pois permite que as pessoas cultivem seus próprios alimentos, diminuindo a necessidade de comprar alimentos importados. De acordo com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), cerca de um terço dos alimentos produzidos para consumo humano são desperdiçados ao longo da cadeia de abastecimento. O desperdício de alimentos é um problema ambiental sério, pois contribui para as mudanças climáticas, a poluição e o uso ineficiente de recursos naturais.


Melhoria da qualidade do ar e da água

A agricultura urbana também contribui para a melhoria da qualidade do ar e da água. As plantas absorvem o dióxido de carbono e produzem oxigênio, o que ajuda a reduzir a poluição do ar. Além disso, as plantas ajudam a filtrar a água da chuva, reduzindo a poluição da água.


Promoção da biodiversidade

A agricultura urbana também pode promover a biodiversidade, pois atrai aves, insetos e outros animais. A biodiversidade é importante para o equilíbrio dos ecossistemas e para a saúde humana.


Exemplos de agricultura urbana

Existem diversos exemplos de agricultura urbana no mundo. Em Nova York, por exemplo, existiam cerca de 900 pequenas fazendas e hortas urbanas em 2013*. Em São Paulo, existe o projeto “Cidades Sem Fome”, que promove a agricultura urbana em mais de 80 hortas urbanas e escolares, a maioria delas na Zona Leste de São Paulo. Além disso, a Coordenadoria de Agricultura da Prefeitura de São Paulo implementa ações para o desenvolvimento rural sustentável e o fortalecimento da agricultura urbana e periurbana.

No Brasil, a agricultura urbana é uma realidade e vem crescendo nos últimos anos. O Programa Nacional de Agricultura Urbana e Periurbana, da Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, tem como objetivo promover a agricultura sustentável nas áreas urbanas e nas regiões periurbanas.


Exemplos específicos

  1. Aqui estão alguns exemplos específicos de como a agricultura urbana pode contribuir para a sustentabilidade:
  2. Uma horta urbana em um telhado pode reduzir a necessidade de ar condicionado, pois as plantas ajudam a resfriar o ambiente.
  3. Um jardim comunitário pode promover a interação social entre os moradores de uma comunidade, o que pode contribuir para a redução da violência.
  4. Uma fazenda urbana pode produzir alimentos frescos e saudáveis para as pessoas que vivem nas cidades, o que pode contribuir para a melhoria da saúde pública.

A agricultura urbana é uma prática que tem o potencial de contribuir significativamente para a sustentabilidade nas cidades. Ela pode ser uma solução para diversos problemas ambientais e sociais, como o desperdício de alimentos, a poluição do ar e da água, e a desigualdade social.


Foto: Dim Hou por Pixabay

Postar um comentário

0 Comentários