Competitividade do Café Brasileiro vira Destaque no 29º Encontro Nacional da Indústria de Café

Evento promovido pela ABIC reúne profissionais do setor para debater produção, comercialização e consumo do café

Grãos de café.

O 29º Encontro Nacional da Indústria de Café (Encafé), realizado em Maceió (AL) na última quarta-feira (15), trouxe destaque para a discussão e intercâmbio de informações sobre a produção, comercialização e consumo do café, sendo considerado um dos eventos mais relevantes do setor no Brasil.


Desenvolvimento do Café Brasileiro e Necessidade de Competitividade

Durante o evento, foi ressaltada a evolução do café brasileiro ao longo de 150 anos, consolidando-se como um elemento distintivo no cenário nacional e internacional. A busca pela competitividade no setor foi destacada como uma prioridade, com a necessidade de medidas coletivas para fortalecer a posição do café brasileiro nos mercados globais.


Visibilidade Internacional e Rastreabilidade do Café

Além da ênfase na competitividade, foi salientada a importância de elevar a visibilidade do café brasileiro no contexto mundial. O reconhecimento do trabalho de rastreabilidade realizado pelos produtores foi destacado como um ponto positivo, visando aumentar o consumo global do produto.


29ª Edição do Encontro e Comemoração dos 50 anos da ABIC

A 29ª edição do Encafé, organizado pela Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC), celebra os 50 anos de fundação da associação. Durante o evento, o presidente da ABIC, Pavel Cardoso, enfatizou os esforços contínuos para oferecer aos consumidores um café de alta qualidade, respeitando as regulamentações estabelecidas pelo Ministério da Agricultura.


Dados do Mercado de Café Brasileiro

Conforme dados da Secretaria de Políticas Agrícolas (SPA) do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), o Brasil consolidou sua posição como o maior produtor mundial de café em 2022, representando 35% da produção global. As exportações atingiram 29 milhões de sacas, enquanto o consumo interno foi de 22 milhões de sacas.


Funcafé e Investimentos no Setor

Destacando os esforços para fortalecer o setor cafeeiro, o Ministério da Agricultura anunciou, em agosto deste ano, a alocação de R$ 6,3 bilhões para instituições financeiras operarem com as linhas de crédito do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) na safra 2023/24. O Funcafé visa apoiar a cadeia produtiva, incluindo linhas de crédito para comercialização, custeio, financiamento para aquisição de café e recuperação de cafezais danificados.


Conclusão do Encontro e Perspectivas para o Setor

O Encafé, que se estenderá até o próximo domingo (19), proporciona um ambiente propício para a troca de conhecimentos entre produtores, torrefadores, baristas, compradores, exportadores e demais profissionais do setor cafeeiro. O evento destaca-se como uma oportunidade única para impulsionar o diálogo e promover avanços no setor, consolidando a relevância do café brasileiro no cenário global.


Reportagem por Amanhecer Agrícola
Fonte: Mapa
Foto Anja por Pixabay

Postar um comentário

0 Comentários