Mapa e IICA Promovem Workshop Contra Perdas na Cadeia Produtiva Agrícola

Ministério da Agricultura realiza workshop com IICA para abordar estratégias contra perdas alimentares em todas as fases da cadeia produtiva.

Foto mostra o Workshop.

O Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) promoveu, no dia 28 de novembro, o workshop "Redução das Perdas e Desperdícios de Alimentos: Iniciativas da Agropecuária em prol da Sustentabilidade". O evento, realizado em parceria com o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agropecuária (IICA), teve como objetivo apresentar e discutir os resultados de um estudo abrangente sobre a distribuição e utilização dos alimentos ao longo de toda a cadeia produtiva.

Com o formato híbrido, o workshop reuniu especialistas, representantes do setor agrícola e autoridades governamentais para debater estratégias que contribuam para a formulação de políticas públicas eficazes no combate às perdas e desperdícios de alimentos. A iniciativa busca promover uma abordagem alinhada à economia circular e campanhas de educação alimentar, visando uma mudança comportamental na sociedade.

O trabalho de consultoria realizado em parceria entre o Mapa e o IICA consistiu em um diagnóstico abrangente das perdas e desperdícios de alimentos em todas as fases da cadeia produtiva, desde a produção até o abastecimento, incluindo análises das perdas pós-colheita e do desperdício no varejo.

A secretária de Inovação, Desenvolvimento Sustentável, Irrigação e Cooperativismo, Renata Miranda, destacou a responsabilidade do Mapa em enfrentar a questão das perdas e desperdícios de alimentos, afirmando que o evento é um convite à reflexão para todos os envolvidos na cadeia produtiva. Ela ressaltou a importância de ações concretas, tanto por meio de políticas públicas quanto da iniciativa privada, para minimizar esses problemas e enfatizou que a conscientização de todos é fundamental para encontrar soluções.

O coordenador de Operações do IICA no Brasil, Christian Fischer, alertou para a magnitude do problema, destacando que toneladas de alimentos são perdidas ao longo das cadeias produtivas, representando uma tragédia em termos de desperdício de recursos naturais. Fischer enfatizou a necessidade de ações conjuntas para reverter esse cenário, destacando que as soluções discutidas no workshop podem ser fundamentais para melhorar o aproveitamento dos alimentos e garantir a segurança alimentar.

A consultora responsável pelo estudo, Carla Saraiva, revelou que existem várias ações no Brasil para redução de perdas e desperdícios, tanto governamentais quanto não governamentais, com resultados positivos. No entanto, ela enfatizou que ainda há muito a ser feito, e a participação tanto do poder público quanto da sociedade civil é essencial para o sucesso dessas iniciativas.

O workshop, organizado pelo Departamento de Desenvolvimento das Cadeias Produtivas e de Indicações Geográficas (Decap/SDI), contou com a participação de importantes representantes do setor, incluindo a presidente da Embrapa, Silvia Massruhá; a coordenadora Geral de Equipamentos Públicos do Ministério do Desenvolvimento de Assistência Social, Família e Combate à Fome, Natalia Tenuta; o representante da FAO no Brasil, Gustavo Chianca; o presidente da Associação Brasileira de Supermercados, Marcio Milan; o diretor do Decap, Clecivaldo Ribeiro, e outros convidados.


Dados preocupantes

De acordo com dados da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), a insegurança alimentar resulta da falta de acesso das populações mais pobres a uma alimentação balanceada. A FAO estima que cerca de 30% da produção mundial de alimentos para consumo humano seja perdida anualmente, representando 15% de todas as calorias produzidas. O workshop visa contribuir significativamente para reverter esse quadro e promover uma abordagem mais sustentável na produção e consumo de alimentos.


Reportagem por Amanhecer Agrícola
Fonte: Mapa
Foto: Divulgação/Mapa

Postar um comentário

0 Comentários